Portal GSTI
Portal GSTI

PublicarCadastre-seLogin
Menu
foto de
Fernando Palma

COBIT 5 - Principais mudanças em relação a versão 4.1

No mês de Abril, foi lançada a versão 5 do COBIT , em substituição a versão 4.1. A seguir, resumo as modificações que foram feitas e o novo escopo de abrangência após esta atualização.

O framework do COBIT 5 foi consideravelmente re-estruturado, ganhando uma aparência nova. Foram estabelecidos 05 princípios do COBIT , transformando o framework em um principles-driven framework (framework dirigido por prinipios). Tais elementos, defino a seguir. 

1) Atender as necessidades dos stakeholders: O COBIT 5.0 contém procesos específicos para suportar necesidades através do uso de recursos de TI.

2) Cobrir a Organização fim-a-fim: esta é a principal mudança obtida pela versão 5 do COBIT. O framework busca cobrir a Governança Coorporativa, abrangendo todas as funções e processos corporativos, além da própria Governança de TI . Entretanto, este escopo é aplicável apenas a organizações quais tenham como produto fim a tecnologia da informação, promovendo uma Governança da Empresa de TI conforme imagem abaixo (sim, o novo COBIT é para toda a empresa de TI)

Fonte: COBIT 5, por ISACA

3) Aplicação de um único framework: o COBIT 5 buscou alinhar as práticas com outros níveis de boas práticas e frameworks de mercado, buscando supri-las em uma única ferramenta.

4) Permitir uma abordagem holistica: são definidos elementos que funcionam como suprimentos para a integração da visão holistica da Governança. Estes suprimentos (ou habilitadores) são: Princípios, Processos, Organização, Cultura, Informação, Serviços, Pessoas, #Infraestrutura, Aplicações e Competências. Vale mencionar que estes elementos se aproximam bastate dos recursos e habilidades definidos pela Biblioteca da ITIL.

5) Separar Governança da Gestão : o framework criou um Domínio de processos para a Governança independente do domínio de Gestão, com o objetivo de esclarecer as divergências entre os conceitos e aplicá-los de forma isolada, apesar de integrados por objetivos comuns.

Segundo a descrição da ISACA , " O COBIT 5 fornece um modelo operacional com uma linguagem comum para todas as partes do negócio envolvidos em atividades de TI e fornece uma estrutura para medir e monitorar o desempenho de TI , a comunicação com os prestadores de serviços e integrar as melhores práticas de gestão."
A seguir, uma imagem que ilustra os Processos de Governança e Processos de Gestão da Empresa de TI, do COBIT 5.


Fonte: COBIT 5, por ISACA

Observação
Vale lembrar que o COBIT (Control Objectives for Information and related Technology) é uma marca registrada pela ISACA e ITGI , a quais estão atribuídos a propriedade e direitos.  

Continue estudando COBIT:

COMPARTILHE

Fernando Palma
Fernando Palma202 Seguidores 574 Publicações Consultor de TI, CEO
Seguir
Sou fundador e CEO do Portal GSTI, Consultor, professor e instrutor em Governança de TI e Gestão TI. Graduado em SI, mestrando em administração, Certificado ITIL Expert, ITIL Manager, COBIT, OCEB, ISO 20k, e ISO 27k.

Comentários