Portal GSTI
Portal GSTI

PublicarCadastre-seLogin
Menu
foto de
Fernando Palma

Só Cresce Quem é Avaliado




Crescimento profissional



João entra na sala do diretor e reclama:
- Porque não fui promovido no lugar do Antonio? Afinal tenho quinze anos de empresa e o Antonio só cinco!
O diretor, ouvindo um barulho de caminhões na rua defronte ao escritório, disse ao João:
- Por favor, veja o que é esse barulho aí na frente.
João foi até a rua, voltou e disse:
- É uma fila enorme de caminhões que está passando aí em frente.
O diretor perguntou:
- E o que eles estão levando?
João voltou à rua e retornando disse:
- Não dá para ver. Estão fechados.
O diretor perguntou:
- Para onde vão os caminhões?
João voltou à rua e retornando disse:
- Vão para a direção Leste.
O diretor disse a João:
- Acho que já posso dar uma resposta ao seu pedido de promoção. Aguarde um pouco aqui na sala mesmo.
João ficou esperando enquanto o diretor chamou o Antônio e perguntou-lhe:
- Antônio, por favor, tem um barulho aí na rua em frente. Veja o que é para mim.
Cinco minutos depois, Antônio voltou ao diretor e disse:
- São nove caminhões carregados de caixas com artefatos de ferro da Siqueira & CIA. Fazem parte de uma encomenda que a empresa está mandando para São Paulo. Esta manhã passou outros dez caminhões com a mesma carga. O carregamento é consignado para a firma Zanon Oliveira Ltda, na cidade de Cascavel, no Paraná.
O diretor agradeceu Antônio e com um sorriso virou-se para o João limitando-se a dizer:
- Entendeu porque o Antônio foi promovido?

Histórias como esta acontecem todos os dias em empresas de diferentes segmentos da economia e impactam a vida de inúmeros profissionais que ainda acreditam que antigüidade é o mais justo e correto indicador para a promoção de alguém. Infelizmente, não é.

Geralmente, a preocupação principal das organizações está voltada para a medição, avaliação e monitoração de três aspectos principais:
1. Resultados. Ou seja, os resultados concretos e finais que se pretende alcançar dentro de um certo período de tempo.
2. Desempenho. Isto é, o comportamento ou meios instrumentais que se pretende pôr em prática.
3. Fatores críticos de sucesso. Ou seja, os aspectos fundamentais para que a organização seja bem-sucedida nos seus resultados e no seu desempenho.

Neste contexto também está incluído o desempenho individual dos funcionários que normalmente é mensurado através de uma Avaliação de Desempenho. Ferramenta que causa desconfianças, mas é uma excelente maneira de receber feedback sobre as potencialidades e revelar pontos onde o profissional precisa melhorar.

Por isto, se a sua empresa estiver implantado (ou já implantou) algum tipo de avaliação de desempenho, lembre-se:
· Ela não serve apenas para demitir os inaptos, mas principalmente para fundamentar sistematicamente aumentos salariais, promoções e transferências dos melhores dentro da organização.
· Oferece um quadro atual de sua performance, ao mesmo tempo em que expõe necessidades de mudanças nos conhecimentos, habilidades e/ou atitudes.
· Permite que você saiba aquilo que o chefe pensa a seu respeito, situando perspectivas de futuro onde atualmente trabalha.

O maior problema não é receber uma avaliação negativa, mas desconhecer falhas que impedem nosso sucesso profissional há muito tempo. O João, da historinha acima, agora sabe disto.

Boa sorte!

Outros artigos sobre carreira e marketing pessoal:

COMPARTILHE

Fernando Palma
Fernando Palma207 Seguidores 574 Publicações Consultor de TI, CEO
Seguir
Sou fundador e CEO do Portal GSTI, Consultor, professor e instrutor em Governança de TI e Gestão TI. Graduado em SI, mestrando em administração, Certificado ITIL Expert, ITIL Manager, COBIT, OCEB, ISO 20k, e ISO 27k.

Comentários