Portal GSTI
Portal GSTI

PublicarCadastre-seLogin
Menu
foto de
Telma Gomes Souza

5 coisas que você pode fazer para deixar o Photoshop mais rápido


Duas coisas são indiscutíveis em relação ao Photoshop: a primeira é que trata-se de um excelente software de edição de imagens; a segunda é que ele  é muito, muito pesado! Nem mesmo os usuários que possuem uma boa máquina estão imunes aos episódios de lentidão e travamento do programa. Mas você sabia que algumas alterações nas configurações podem amenizar o problema? Veja a seguir. 


Aumente a alocação de memória RAM

Você pode escolher quanto da memória RAM disponível em seu computador pode ser utilizada pelo Photoshop. Vale lembrar que a memória RAM total é compartilhada entre o sistema operacional, o Photoshop e outros programas que estejam rodando ao mesmo tempo que ele, então cuide para que quando você estiver usando o Photoshop haja o mínimo possível de outros programas abertos.

Por padrão, o Photoshop utiliza 70% da memória RAM disponível. Esse valor pode ser alterado na caixa de diálogo Preferências. Você pode tanto arrastar o seletor quanto alterar o valor em MB diretamente no campo “Deixar o Photoshop usar”. Feito isso, salve a alteração e reinicie o software para aplicá-la.


Limpe o cache

À medida que você trabalha, o Photoshop vai armazenando na memória temporária imagens, histórico e outras coisas que vão acumulando durante todo o tempo que o programa permanece aberto. Libere esse espaço sempre que terminar de trabalhar com um arquivo. Acesse o menu Editar e em seguida Descartar. Selecione o que não será mais útil e descarte. Fique tranquilo pois nada do que foi feito e salvo no seu arquivo será perdido.


Inicie somente com o essencial

É comum instalarmos filtros, texturas, pincéis e uma série de outras coisinhas no Photoshop. Tudo isso tem sua utilidade, mas definitivamente não vale a pena sobrecarregar o software com tanta “tranqueira” se elas não são usadas com frequência. Ganhe eficiência transferindo esses arquivos que você só usa de vez em quando para uma pasta separada dos arquivos de instalação do Photoshop, de modo que elas só sejam carregadas quando você realmente precisar. Altere as ferramentas no menu Editar > Preferências > Gerenciador de Predefinição. Fique à vontade para excluir o que for desnecessário. Caso precise dessas coisas em outra ocasião, utilize o botão Carregar, navegue até o arquivo de predefinições e recupere o que desejar.

O mesmo raciocínio se aplica às fontes: dificilmente você precisará utilizar no Photoshop todas as fontes que tem instaladas no Windows. Copie ou mova somente as fontes que utiliza com frequência para a pasta que se encontra no caminho C:\Arquivos de Programas\Common Files\Adobe\Fonts. Caso essa pasta específica não exista, você mesmo pode criá-la. Feito isso, basta reiniciar o Photoshop.


Desabilite ou reduza as miniaturas

As miniaturas de painéis – como os de camadas, canais e demarcadores – consomem memória ao serem exibidas, então você já pode imaginar o que acontece quando você trabalha com um arquivo que tem muitas camadas. Você pode poupar o uso desses recursos desabilitando a exibição dessas miniaturas, o que é feito simplesmente selecionando a opção de exibição “nenhuma” no menu de opções de cada painel em que deseja fazer esse ajuste. Caso você ache muito ruim trabalhar sem miniaturas, selecione a de menor tamanho.


Desative o “Exportar área de transferência”

Os arquivos temporários do Photoshop ficam disponíveis para serem acessados a partir de outros programas graças à função “Exportar área de transferência”. Se normalmente você copia imagens e dados para uso somente dentro do próprio Photoshop e não os cola em outros softwares, não há motivo para manter essa função ativada, consumindo recursos sem nenhuma finalidade. Desative-a no menu Editar > Preferências > Geral.

Siga essas dicas simples para melhorar o desempenho do Photoshop utilizando de forma mais eficiente a memória disponível no seu computador.

COMPARTILHE

Telma Gomes Souza
Telma Gomes Souza58 Seguidores 360 Publicações Outros
Seguir

Comentários