Portal GSTI
Portal GSTI

PublicarCadastre-seLogin
Menu
foto de
Fernando Palma

A Internet das Coisas vai invadir sua casa!

O que Diriam as Portas, Janelas e Objetos de Sua Casa se Eles Pudessem Falar?

A possibilidade de conversar com objetos inanimados já pode ter sido algo que pertence ao mundo do "faz-de-conta" das crianças, à imaginação, uma fantasia de filmes da Disney ou sinal de loucura. Podemos dizer que não é mais : estamos vivendo a incorporação faseada de uma nova tecnologia que - conservadas certas proporções - está mudando este conceito e impactando nossas vidas. 

"No futuro tudo estará conectado!"

Esta é uma das frases feitas que se repete por aí quando se trata de prever a evolução (revolução?) associada a uma "nova mania" mundial: a de conectar à internet tudo que a gente vê pela frente!

É verdade que, quando nos deparamos com a novidade pela primeira vez, pode até parecer pouco útil. Mas depois de refletir um pouco, nota-se que muitas tarefas e atividades seriam mais fáceis se pudéssemos receber mensagens e passar instruções às "coisas" com quais interagimos dia a dia.

Essas "coisas" abrangem eletrodomésticos, infra estruturas, carros, eletrônicos, ambientes e até algumas outras "coisas" não tão óbvias como perfumes e escova de dentes!

A este mundo de fantasia que aos poucos está sendo transformada em realidade é atribuído o nome #Internet das coisas (IOT), do Inglês Internet Of Things.

Como Funciona a IOT e Como Isso Muda Nossas Vidas...

Resumindo de forma simplificada, a IOT é possível graças a inserção de sensores e/ou sistemas simples em eletrônicos, ambientes, ruas, máquinas, lâmpadas, eletrodomésticos e utensílios que até então estavam incomunicáveis, calados, esperando sua vez... mas que agora - enfim - ganharam o direito (dever?) de "conversar" não só com as pessoas mas também entre si! 

As cidades, ambiente de empresas, o comércio, a saúde, tudo será fortemente impactado pela IOT. Nesta publicação, mantenho o foco em uma parte significante destes impactos : como irá afetar nossas vidas dentro de casa!

Conheça a IOT Domiciliar 


A seguir, alguns exemplos de oportunidades que você pode ter quando começar a conversar com "suas coisas" dentro de casa. 

Portas e Janelas

- Possibilidade de receber informações em seus dispositivos *1 sobre portas e janelas que estão destrancadas

- Possibilidade de trancar e destrancar portas e janelas à distância, usando os mesmos dispositivos *2 

- Pessoas podem monitorar à distância quando familiares, sobretudo crianças e adolescentes, entram e saem de casa (coitados!)

- De qualquer lugar onde esteja, uma pessoa poderá mudar o perfil de acesso de uma porta, retirando ou atribuindo permissão de entrada de determinadas pessoas (atenção mulheres, não vale usar isso para barrar o marido que chegou tarde em casa, ok ?!)

* 1- Para simplificar o texto, vamos combinar o seguinte: quando eu citar a expressão 'dispositivos', entenda-se: notebooks, tablets, smartphones, smart tvs, smartwatches,  smartglasses, ou qualquer "troço que você possa imaginar" no qual rode ou possa a vir um dia a rodar (vai saber!?) um sistema operacional ou coisa parecida !

* 2 - Não se preocupe: por dentro da casa, a porta pode ser aberta normalmente, ninguém ficará preso!

Eletrodomésticos / Eletrônicos

- Seu despertador poderá conectar-se à cafeteira para preparar seu café, logo depois que você acorda

- Com a chegada de novos protocolos / possibilidades de conexão, fica mais fácil - mesmo de longe - carregar aquele desenho de pepa na TV de seus sobrinhos, ou mostrar no Tablet de sua sogra um documentário interessante sobre o acasalamento de girafas!!

- Algumas outras funções que já são utilizadas hoje (embora ainda por um público mínimo e restrito): ligar e desligar eletrodomésticos à distância (ex.: ar condicionado) , controlar a iluminação e temperatura de cada ambiente da casa, ou alimentar um animal de estimação 

Pequenos Objetos

- Você poderá ter em seu dispositivo atualizações que te ajudem a controlar tarefas corriqueiras. Isso inclui o acesso a  informações sobre quantas vezes por dia seu filho está escovando os dentes, se o lixo foi retirado, se chegou correspondência na caixa de correios, e até pequenas dúvidas do tipo "Eu tomei ou não tomei meu remédio hoje?" (essa é minha cara!)

- Os estoques de alimentos, utensílios, cosméticos e afins poderão "te avisar" quando é necessário fazer uma nova compra dos produtos que estão perto de terminar. E mais: já que estas informações podem ser armazenadas, no fim do ano será possível saber, por exemplo, quantas latas de cerveja foram consumidas, ou se seu filho conseguiu reduzir a quantidade de doces!

- Se a tecnologia no futuro permitir funções de localização mais precisas do que os atuais GPS´s, objetos guardados em armários, estantes e guarda roupas poderão ser encontrados com maior facilidade, já que estão conectados na internet (meu sonho!) 

Ambientes

- Ligar e desligar luzes a distância é uma função simples para domicílios que possuem soluções de IOT

- A limpeza e segurança de ambientes pode ser verificada também a distância

Quais Destas Soluções já Existem ?

Assim como ocorre com qualquer nova tecnologia, as soluções de #Internet das coisas (IOT) para domicílios ainda estão sendo comercializadas por preços pouco acessíveis (pelo menos para nós, meros mortais). Mas há sim mais produtos disponíveis do que, provavelmente, a maioria das pessoas imaginam!

A seguir, alguns exemplos:

  • Apple Homekit : uma solução para usuários comuns, inclui muitos recursos citados neste artigo
  • Google Brillo: plataforma voltada para desenvolvedores de apps que usam IOT
  • Google Nest: assim como o Homekit da Apple, esta solução é voltada para usuários comuns
  • Soluções de IOT da Microsoft: diversas soluções, algumas mais voltadas para empresas, mas também com recursos domiciliares. Exs.: Windows IOT Core e Azure IOT Hub
  • Samsung SmartThings: muitas soluções para usuários comuns
  • Wemo: oferece soluções de objetos conectados como panelas, cafeteiras, além do curiso OSRAM LIGHTIFY
  • Wink: solução parecida com o Homekit da Apple e Google Nest
  • Z-Wave: uma das empresas brasileiras que oferecem produtos com foco em automação residencial

Obs.: Alguns protocolos destas soluções se suportam entre si, enquanto outros são mais exclusivos. 

O Que Pensar Disso Tudo? 

Pessoalmente, ao me deparar com possibilidades inovadoras como é o caso da IOT para residências, duas coisas me veem em mente:

1 - Quais são os impactos negativos e desafios que tudo isso pode gerar? 

Sobre isso, criarei em breve um novo artigo qual pretendo denominar de "O lado sombrio da internet das coisas."

2- Vale a pena investir nas soluções? 

Como citei no tópico anterior, toda inovação tecnológica aparece no mercado com preços muito salgados no início, na minha opinião desproporcionais aos benefícios gerados. Assim como aconteceu com smartphones,  smart tvs, GPS´s e afins, acredito que coisas conectadas se tornarão um padrão nas próximas décadas e consequentemente acessíveis ao consumidor comum. 

COMPARTILHE

Fernando Palma
Fernando Palma208 Seguidores 574 Publicações Consultor de TI, CEO
Seguir
Sou fundador e CEO do Portal GSTI, Consultor, professor e instrutor em Governança de TI e Gestão TI. Graduado em SI, mestrando em administração, Certificado ITIL Expert, ITIL Manager, COBIT, OCEB, ISO 20k, e ISO 27k.

Comentários