Portal GSTI
Portal GSTI

PublicarCadastre-seLogin
Menu
foto de
Claudio Gomes Silva Leite

Trabalhar em empresas ou trabalhar por conta própria?

Vamos Tratar hoje sobre um assunto que nos trazem dúvidas.

É Melhor ser Patrão ou ser Empregado?

No tempo que eu era criança ser empregado ainda tinha suas vantagens, pois o mercado de trabalho não era globalizado e terceirizado como hoje.

Eu sempre ouvia minha mãe comentando com os vizinhos e amigos, que existia uma espécie de procura desesperada das empresas por futuros empregados e havia até anúncios em Kombi recrutando trabalhadores. Isso em meados de 85 mais ou menos, a oferta de empregos eram maiores, e poucas exigências de experiência e escolaridade.

Uma vez na aula do meu curso a professora havia comentado que seu primeiro emprego foi na área comercial isso em 87  e que ela não tinha nenhuma experiência, mesmo assim conseguiu o cargo. Hoje até um simples emprego de gari necessita do ensino médio. A minha maior preocupação é com quem não tem experiência.

Esses dias conversando com uma pessoa, ela falava que sua filha está com dificuldades para arrumar o primeiro emprego, com 19 anos. Tinha cursos e já estava com ensino médio concluído.

Ela até comentou que ao sair para procurar emprego a filha chegava às agências para entregar seu curriculum  as selecionadoras colocavam o documento numa caixinha separada. Simplesmente porque a moça não tinha experiência.

Eu acho isso lamentável, pois as pessoas sem experiências são excluídas do mercado de trabalho. Na verdade as pessoas sem experiências são melhores de gerenciar do que as que possuem experiência e a mesma atende rapidamente a política interna que a empresa almeja.

Trabalhar como empregado tem seus prós e contra.

Mesmo tendo direito a receber fundo de garantia, seguro desemprego.

Hoje ninguém pode garantir que ao acordar estará empregado, e quando chegamos ao final do expediente, recebemos aquela bendita cartinha de aviso prévio.Parece que eu adivinhava, quando alguém me chamava com a famosa frase: fulana sentimos muito, mas temos que fazer redução no quadro de funcionários, teremos que dispensá-la.

É muito desagradável ser demitido.

E em contrapartida eu sempre tive o sonho de possuir um negócio próprio. Na verdade nunca gostei muito de receber ordens  pode ser também por causa do sangue pois meu pai era micro empresário, e eu sempre sonhei em ter meu próprio negócio mesmo que o retorno não fosse a curto prazo.

Hoje eu posso dizer para vocês que é um dos melhores prazeres para mim poder fazer o que eu gosto. Algo que me traz conhecimentos todos os dias, onde eu encontro pessoas maravilhosas, e essas pessoas me proporcionam aprendizado e alegria.

O Conselho que dou para cada um de vocês: A sua atividade profissional tem que primeiro gerar satisfação e alegria para você. Pois nenhum ser humano tem sucesso sem motivação.

O Dinheiro não pode estar acima disso, pois não estando satisfeito seu trabalho não será executado com qualidade e você também precisa de paz espiritual pois estresse e outros malefícios também não traz 100% de satisfação, nem para você e nem para a empresa e muito menos para sua saúde e se você quer vencer precisa romper barreiras.

COMPARTILHE

Claudio Gomes Silva Leite
Claudio Gomes Silva Leite12 Seguidores 34 Publicações Administrador de Redes
Seguir

Comentários