Portal GSTI
Portal GSTI

PublicarCadastre-seLogin
Menu
Artigo

Windows VS Linux

foto de
JKrypton CONTEÚDO EM DESTAQUE

Passei tempos procurando essa resposta e hoje definitivamente cheguei em uma conclusão!

“ Sou João Carlos Serafim Coró formado em Analise e desenvolvimento de sistemas e à 14 anos trabalhando com T.I. e vou esclarecer a dúvida em infraestrutura, Linux ou Windows? ”

Quando trabalhamos com infraestrutura, redes e Servidores, sempre vamos buscar conhecimento e nos manter atualizados nas novidades, para que possamos manter um nível de segurança em nosso trabalho maior e buscando sempre deixar tudo na maior ordem e funcionamento.

Nessa busca muitas dúvidas surge, como fazer? Quando fazer? E onde fazer? E nessa hora que devemos parar e pensar como começar tudo isso, nunca as aplicações serão iguais de uma empresa a outra devemos sempre lembras disso quando estamos montando um projeto, projeto, essa é a palavra chave para qualquer tipo de aplicação onde quer que ela seja, sempre iniciamos um projeto procurando sempre agradar o cliente, mas nem sempre o que o cliente quer é o que ele precisa, então como iniciar um projeto?

Na internet existem várias ferramentas para projetos, Microsoft, Softwares livres e com custos, nada melhor que começarmos com papel e caneta, tudo que nosso cliente quer e o que ele precisa deverá constar nesse papel, depois de tudo pronto vamos a hora de implantação da infraestrutura, primeiramente vamos pensar no servidor que devemos usar. Servidor de internet, Servidor de Dados, Servidor para controle de um Domínio, Virtualização e muitos outros que podemos ter, tem tantos no mercado, grátis e pagos, se pegarmos todos os servidores vamos ver que só existem dois núcleos, Unix (Linux) e Microsoft. Todos os servidores são derivados desses dois núcleos. Os que são Free (Grátis), os Linux e os pagos que são Microsoft.

Os servidores Desenvolvidos com núcleo Linux, não sofrem tanto com vírus, eles são grátis então não é viável ser criado tantos vírus para um sistema grátis e que embora seja muito bom, não domina o marcado como o seu concorrente, para que esses servidores sofram alguma atualização precisa-se de programadores que conheçam a linguagem em Linux e que saibam desenvolver para esse tipo de aplicação, lembrando que não podem ser comercializado, mas se precisar de algum suporte, aí entra os custos e que não são baratos, vou dar um exemplo, um gabinete completo processador 2.ghz 4GB de memória e um HD de 500G, na faixa hoje em dia encontrasse um computador com essas configurações em torno de R$ 600,00, mas para um técnico montar o servidor Linux que é gratuito, ele cobrou desse mesmo Gabinete mas com o sistema de Servidor instalado e configurado R$1.200,00, dependendo do técnico, e depois tem a mão de obra para que o mesmo possa dar suporte ao cliente. E apenas um técnico que conheça a linguagem Linux consegue trabalhar com esses servidores, pois as maiorias da configuração e personalização é tudo feito em comandos para que depois algumas configurações, mas apenas algumas, possam ser feitas em modo gráfico acessado por outro computador por algum navegador. Mas nada disso tudo que eu falei tira a robusta programação e segurança desses servidores, são os melhores servidores para ser usados em Servidor de internet e arquivos, o nível de hierarquia que ele tem para controle de acesso a sites e bloqueios de portas externas contra tentativas de acesso, deixa quase invulnerável para acesso externo de programas mal-intencionados. Existem vários adicionais que pode ser instalado gratuitamente que consegue dar um controle a usuários que não possua conhecimentos técnicos para as programações necessárias, todas as pastas de instalação do sistema são ocultas para que não tenha um fácil acesso e se caso algo aconteça apenas um lugar é corrompido, a pasta de dados não do sistema, ficando assim uma fácil restauração. Diferente do nosso concorrente Microsoft.

A Microsoft desde o início ela sempre ganhou campo pensando em simplicidade para que seus usuários não necessitassem de conhecimentos profundos para poder trabalham em seus sistemas, os servidores da Microsoft acompanham uma base de instalação padrão de qualquer outro sistema operacional da empresa, sempre mantendo o padrão, o maior problema da Microsoft é sua instabilidade e seu valor que é em torno de R$600,00 um servidor atualizado, mas por ter esse valor temos suporte quando precisarmos e suas atualização são geralmente criadas por uma especialistas que trabalham para a empresa, a Microsoft investe muito em desenvolvimento, por ser um sistema pago as maiorias de vírus são desenvolvidos para afetar esse sistema operacional, e quando afetado ele é realmente afetado no total e não em partes, por isso que temos sempre atualizações e suporte gratuito para quando adquirimos um software dessa empresa diferente de sua concorrente. As instabilidades desses servidores são, muito frágeis a vírus, e principalmente erros de usuários que levam ao travamento do sistema e até mesmo a possível reinstalação do sistema por mais inúmeros motivos, e temos apenas que aceitar porque não só ele, mas como seu concorrente são assim!

Os servidores Microsoft, porém, não sofre com falta de suporte, não tem dificuldade na instalação e suas configurações, as configurações são feitas em modo Gráfico sendo possível em comando usando o MSDOS ou PowerShell, que dá suporte a comando internos para o Servidor Microsoft e até outros Sistemas operacionais. Possui uma vasta possibilidades de software grátis e pagos, para ser instalados para sua personalização e adequação as necessidades, alguns até já inclusos e outros podendo ser adicionados diretamente, como por exemplo virtualização e servidor de Internet para sistemas em asp.net, já incluso e podendo ser configurado para trabalhar com controlador de Domínio, servidor de arquivos, servidor de internet e em algumas versões servidor até mesmo de instalação de outros sistemas operacionais através da rede. Contanto com o sistema de Active Directory, para controlar computadores que façam parte desse mesmo domínio e assim possibilitando o controle do que o usuário poderá fazer em seu terminal, e aplicando perfil móvel, isso é um usuário podendo digitar seu usuário e senha em qualquer computador ligado à rede e todas suas aplicação e documento irão junto ao seu usuario, compartilhamento direto de periféricos e sistemas, uso direto de GPO (Politicas de grupo), é aqui onde podemos controlar as permissões de usuários na rede, e em seus terminais, permissões de pastas para cada usuários e compartilhamento entra vários ao mesmo tempo.

Existem aplicações que fazem alguns sistemas Linux funcionarem em Windows e feitas para Windows que fazer funcionar em Linux, mas vamos deixar claro, “não adianta colocar motor de Ferrari em Kombi! ” Em tudo que eu já trabalhei nunca funciona 100% as famosas gambiarras, e com a internet aí ensinando muita coisa, é fácil montarmos um servidor de qualquer um desses dois, e ainda fazermos funcionar para o que queremos e com baixo custo, se pesquisarmos aprendermos vamos ver que nada de tudo isso que eu escrevi é difícil ou impossível, não existe mais impossível e como uma vez eu ouvi, “só não dá jeito para a morte! ”

Depois de tudo isso minha dúvida ainda não tinha saciado e então procurei em fóruns e blogs para saber opiniões de usuários reais, e depois fui para alguns livros, mas quem trabalha com Linux sempre defenderá Linux, e quem trabalho com Microsoft sempre defenderá Microsoft.

Então eu como trabalho com infraestrutura, servidores e aplicações Microsoft e Linux então cheguei em uma conclusão, não tem como saber qual é o melhor, se para cada função um exerce melhor que o outro seu papel, se for para servidor de internet, o Linux é excelente, para servidor de domínio e arquivos com controle de permissões Microsoft é excelente, realmente não tem como descrever o melhor ou pior, esse é mais e esse é menos, as duas tecnologias estavam seguindo um mesmo caminho, mas agora vemos o que realmente é o caminho em Y, um foi para o lado e o outro para outro lado transformando-se os dois melhores nos caminhos em que estão, e se trabalhar juntos, podemos ter um novo Y, onde os dois juntos seguem o mesmo caminho.

Não existe o melhor, não existe o VS (versus), não existe o pior. Existe a excelência no conjunto, e existe esse conjunto, basta sabermos, lá no papel o que queremos e precisamos e implantar o que for necessário. E sempre buscar o melhor e nos manter atualizados!

Fonte: http://jkrypton.com.br/artigo/windows-vs-linux/

Comentários