Portal GSTI
Portal GSTI

PublicarCadastre-seLogin
Menu
Publicação

Antivirus Corporativo

foto de
Daniel Santos

Cenário: A empresa começa pequena, com um único equipamento de informática fazendo “tudo” de forma doméstica sem ninguém para dar o suporte especializado. Na medida que as necessidades vão surgindo e exigindo segmentar departamentos, novos equipamentos são adquiridos sem pré requisitos.

Em pouco tempo, temos um cenário bem comum nas empresas que estão iniciando profissionalmente, onde os equipamentos não obedecem nenhum critério ou padronização de software. Especificamente falando de antivírus, geralmente cada equipamento possui um antivírus distinto, muitas vezes vindo de fábrica pré instalado e trial, ou seja, ele irá funcionar por um tempo determinado e/ou com as suas funcionalidades limitadas, podendo parar completamente após um período.


Análise: O antivírus é apontado por especialistas de segurança como um dos principais objetos para prevenção de incidentes digitais. Porém, todos são categóricos em afirmar que nenhum antivírus sozinho é 100% seguro e eficaz, junto da solução deve ser investido em outras soluções complementares e, principalmente no treinamento e orientação dos funcionários. 

Um parque de máquinas sem padronização na soluções de antivírus, está muito mais suscetível aos problemas. Para um ambiente que começa a crescer e tem como maior patrimônio os dados que trafegam em sua rede, acrescenta-se ainda a importância de utilizar uma solução corporativa, vamos citar algumas vantagens:

– Administração centralizada
– Configuração uniforme para toda rede 
– Bloqueio para desabilitar ou desinstalar o software 
– Scan pré agendado para toda rede 
– Visão de toda quarentena 
– Estatísticas de todo o ambiente 

 

Conclusão: Mais importante que ter uma padronização na rede, é manter tudo isso atualizado, ativo e funcional. É ai que entra o papel do “carinha da informática”, ou alguma empresa especializada em segurança, não basta a implementação de medidas de segurança, é necessário algum procedimento de acompanhamento contínuo afim de garantir o melhor uso do antivírus.


O antivírus bem configurado é muito útil, mas pessoas mal intencionadas ou que descumprem as boas práticas de segurança, podem ser muito mais efetivas, comprometendo e colocando não só o seu equipamento, mas todos os demais itens e dados da rede em risco.


Portanto, as informações digitais é um patrimônio da empresa que necessita de cuidados especializados. Por mais que a empresa confie nos seus colaboradores, muitas vezes por desconhecimento ou descumprimento de algumas práticas de segurança, ele pode colocar muita coisa a perder. O funcionário não vai hesitar quando precisar desativar um antivírus para instalar um software nocivo, ou utilizar o seu pendrive. E mesmo não descumprindo nenhuma norma, não podemos confiar as informações e dados da empresa para que os colaboradores de diversas áreas, se atentem ao fato do antivírus estar ativo, atualizado, funcionando e ainda acompanhar seus relatórios e programações de escaneamento, pois não faz parte das suas funções e conhecimentos técnicos. 

 

Fonte: http://www.spidersolutions.com.br/antivirus-corporativo/

Comentários