Portal GSTI
Portal GSTI

PublicarCadastre-seLogin
Menu
Artigo

RAID por software no Red Hat Enterprise Linux 6.5

foto de
Fábio Nascimento CONTEÚDO EM DESTAQUE

Olá,

Você tem uma simples tarefa que é instalar o RHEL em um servidor HP da vida, tranquilo certo? Mas essa configuração inclui a montagem de RAID1, continua sendo tranquilo, até que não dá certo. 

Quando você descobre que o driver da controladora não é compatível com o SO, a solução é montar o RAID via software. Como eu não sabia como fazer, fui pesquisar na internet, é claro, mas não encontrei nenhum tutorial passo-a-passo, então estou fazendo um para que vocês possam fazer essa tarefa de maneira mais rápida do que eu. Vamos lá.

O início é o normal, vamos configurar o boot da máquina para iniciar pela unidade de leitura e iniciar a instalação;


Escolha o idioma da instalação;


Escolha o teclado;


Escolha: Dispositivos de armazenamento básico;


Nesta tela, informe um nome para a máquina e se preferir, no botão: Configurar Rede, é possível realizar as devidas configurações de rede cabeada;


Verifique se o fuso horário está correto;


Defina uma senha de root;


Pronto. Essa foi a parte default, desta tela em diante é que vamos começar a "moldar" os discos para criação do RAID. Selecione a opção: Criar Layout Personalizado;


A partir daqui é o seguinte: Você terá seus discos (sda,sdb,sdc...) como vazio, livre, que seja. Vai selecionar ele (vamos começar pelo sda), ao clicar no botão Create, será visualizada a janela Criar Armazenamento, clique na opção: Partição RAID


Selecione o disco e defina o tamanho que essa partição terá, infelizmente em MB;


Obrigatoriamente, você deve dividir seu disco para que possamos criar as seguintes partições RAID:

/home 

/var

/opt

/temp

Após criar as partições RAID, crie uma Partição Padrão e defina como Swap.  

Imaginando que você tenha 3 discos de 1TB, você deverá deixar um espaço para a partição de Swap e dividir o restante para criar as partições citadas acima,

Será necessário repetir o processo para todos os discos, no final, eles ficarão divididos como na imagem abaixo;


Neste exemplo, tenho dois discos de 50GB, criei as partições RAID e a partição de Swap, não se preocupe com a partição estendida, que é criada automaticamente.

Agora, selecione Discos rígidos e clique em Create, mas desta vez vamos selecionar Dispositivos RAID;


Neste passo, vamos transformar as Partições RAID nos pontos de montagem propriamente ditos, basta selecionar o ponto de montagem adequado (/home), o tipo de sistema de arquivos (ext3 no meu exemplo, mas se preferir ext4). o primeiro Dispositivo RAID será o md0 e por ai vai, escolha o Nível de RAID desejado e os membros do RAID, que são os "pedaços" do disco que criamos anteriormente, basta selecionar por exemplo sda1 e sdb1;


Repita este procedimento com todas as Partições RAID, para criar os outros pontos de montagem, sempre se atentando aos pares (sda2 e sdb2, sda3 e sdb3...) Quando terminar, seus Dispositivos RAID serão exibidos como na imagem abaixo;


Agora basta mandar o sistema formatar e gravar as configurações no disco;



Nesta etapa, é possível observar que o Red Hat Enterprise Linux está sendo instalado no md0, ou seja, em um ponto de montagem que definimos usando partições de dois discos diferentes e não em um pedaço de um único disco;


Creio que a instalação padrão vocês já conhecem, os passos a seguir ficam por conta da necessidade de cada um...




Terminada a instalação, podemos utilizar o comando df-h para verificar o uso dos dispositivos RAID que criamos, e ver que realmente foram criados;


É possível também ver o status dos Dispositivos RAID com o comando: cat /proc/mdstat;


Todos os "md´s" ativos, tudo funcionando. Seu RAID por software está pronto.

Abraço =)

Comentários