Portal GSTI
Portal GSTI

PublicarCadastre-seLogin
Menu
Publicação

Cibercriminosos mudam seus alvos

foto de
Diego Lisboa CONTEÚDO EM DESTAQUE

Aplicar golpes em simples usuários, pequenas e médias empresas virou passado para os criminosos. Agora, a tendência é investir em perigosos ransomwares para atacar as grandes corporações, principalmente, instituições financeiras.


“O usuário médio já deixou de ser alvo”, afirmou pesquisador sênior da Kaspersky, Anton Ivanov. Segundo o pesquisador, as grandes companhias tendem a ser mais dispostas em pagar grandes quantias de dinheiro para resgatarem seus arquivos e suas informações sigilosas. Atualmente existem, ao menos, oito perigosos grupos cibercriminosos focados na distribuição de ransomwares para ataques em intuições e grandes bancos.

Uma novidade, outro ransomware está ameaçando os jovens, identificado como LeakerLocker e descoberto pela McAfee. O software malicioso está circulando pelo Google Play, sua forma de agir é muito curiosa e perigosa. O ransomware expõe o históricos de navegação de navegadores para Android como o Chrome, Opera para que outros sujeitos possam ver.  O vírus faz um backup de todas os dados do indivíduo e ameaça a vítima com a exposição desses arquivos. 

O ransomware foi encontrado em dois aplicativos na loja virtual do Android "Walpapers Blur HD"  e o "Booster & Cleaner Pro", infectando, assim, 15 mil usuários. Se você instalou recentemente esses Apps, faça uma varredura com seu antivírus e imediatamente desinstale tais programas. 

"O vírus não é capaz de acessar endereços de e-mail, informações de contato, histórico de navegação do Chrome, mensagens de texto, chamadas telefônicas e fotos da câmera", alertou a McAfee.

Confira a postagem de um usuário do Portal que ensina como se proteger de ransomwares

Comentários