Portal GSTI
Portal GSTI

PublicarCadastre-seLogin
Menu
Publicação

“Robô advogado”

foto de
Marta Carvalho CONTEÚDO EM DESTAQUE

Ter noções e compreender os direitos dos cidadãos é fundamental e deveria ser uma prática fácil e acessível para todos, mas não é. Algumas burocracias e leis exigem que os indivíduos sejam dependentes dos especialistas.

Assim, o DoNotPay, sistema de Inteligência Artificial, lançado nos EUA e em Londres, criado por Joshua Browder garante dispensar o serviço dos advogados em casos simples. O DoNotPay está se expandindo para todo o Reino Unido e os 50 estados norte-americanos, desse modo, facilitando a vida dos indivíduos com algumas causas específicas: ajudar refugiados a pedir asilo, requisições de licença-maternidade e problemas relacionados a contratos de locação. É importante salientar que as leis na América do Norte variam de estado para estado, e o sistema foi elaborado para atender questões em comum.  


Programador autodidata, Joshua Browder, afirmou que a ideia inicial na criação do sistema era que as pessoas pudessem recorrer suas infrações sem precisar pagar comissão para os advogados. Nos primeiros anos, mais de 160 mil multas foram revisadas, devido a existência do sistema. Atualmente, o DoNOtPay auxilia pessoas em situação indefesas a pedirem aposentos de emergência na capital inglesa.


O funcionamento do sistema é muito simples. O usuário relata seu problema em um chat, depois, o robô vai fazer algumas perguntas mais detalhadas para entender mais sobre o caso e, dessa forma, conceder conselhos mais coerentes. Assim, o DoNotpay vai informar os procedimentos que devem ser seguidos e gerar protocolos para serem encaminhados à Justiça. Será que essa ferramenta vai ter sucesso no Brasil?


Comentários