Portal GSTI
Portal GSTI

PublicarCadastre-seLogin
Menu
Publicação

ONU convoca reunião contra "robôs assassinos"

foto de
Diego Lisboa CONTEÚDO EM DESTAQUE

Com a evolução das tecnologias, os robôs estão obtendo características cada vez mais humanas. Algumas dessas habilidades influi no comportamento e nas habilidades dessas máquinas. O que os filmes hollywoodianos previam sobre o futuro é visível e os estudos sobre #Inteligência Artificial (IA) não param. Estamos realmente vivendo o futuro!

Androides já podem dar pulos, mover objetos pesados, interagir com humanos e tudo isso implica em uma nova - e ao mesmo tempo clássica - discussão: a possibilidade de serem usados em operações de riscos sem a necessidade do controle humano, funcionando como verdadeiras armas autônomas.

A ONU decidiu convocar uma reunião para regulamentar a utilização desse maquinário. A organização reuniu cerca de 80 países para debater sobre o emprego de armas autônomas e a imposição de limites.


A Stop Killer Robots (em português: Parem os Robôs Assassinos), organização que defende os direitos humanos, está lutando para acabar com esse tipo de armamento. Segundo os grupos que apoiam a campanha, 22 países já aderiram ao movimento.

Além da preocupação com a vida das pessoas, os cientistas também estão preocupados com a evolução da Inteligência Artificial (IA). O avanço dessa pode gerar androides assassinos descontrolados e inabaláveis.

Apesar de evidências que foram expostas, nenhum resultado foi revelado sobre a proibição do “robôs assassinos”. As decisões serão tomadas em futuros encontros.

Comentários