Publicação

Angular, Vue ou React?

foto de
Andre Rodrigues CONTEÚDO EM DESTAQUE


Hoje estamos presenciando uma transformação incrível no mundo da web! Podemos notar que ela já não é mais aquela web pesada, mas indo ao foco hoje irei falar de três ferramentas JavaScript que estão fazendo sucesso com os desenvolvedores. São eles: Angular, Vue e React. Muita gente quando começa a usar frameworks ou uma biblioteca JavaScript tem dúvidas de qual desses será o melhor para usar em sua aplicação, e foi pensando nisso que decidi escrever este post. Mas antes de tirarmos uma conclusão, precisamos entender um pouco o que são essas nossas ferramentas e suas características. 

O que são um e outro?

Tanto Angular, Vue, e React são Frameworks e bibliotecas em JavaScript e se você não sabe o que são frameworks e bibliotecas voltados para o Front-end, eles tem a finalidade de criar componentes e até mesmo trabalhar com SPA que nada mais é que : Single Page Application. Só que cada uma dessas ferramentas possui algumas características em especial, abaixo uma breve história e a característica de cada uma delas.

Angular

O Angular é um framework de código aberto criado em 2009 e mantido pela empresa Google, com proposito de auxiliar em aplicações Single Page Application. O Angular foi escrito em cima do padrão MVVM (Model-view-view-model), atualmente o Angular vem fazendo coisas incríveis além do que foi projetado e uma dessas coisas é auxiliar na criação de componentes, sim você não ouviu errado! Você pode trabalhar com Angular para construir seus componentes. Confira no link um exemplo aqui. Para finalizar a parte do Angular, posso dizer que ele é incrível! Eu amo trabalhar com este incrível Framework, e recomendo que estude ele. Hoje o Angular já está disponibilizando a versão 5.0 para testes, mas para que não haja erros em suas aplicações recomendo que use a versão anterior. 

React

É uma biblioteca de código aberto criado pela equipe do Instagram (antes da compra da empresa Facebook) desenvolvida com proposito de criar interfaces de usuário. O React foi escrito em cima do padrão MVC (Model-View-Controller), e o interessante dessa biblioteca é que ela nos permite uma combinação com diferentes bibliotecas e Frameworks como o Angular citado acima para projetar grandes aplicações, mas ela por si só não consegue não é capaz de te ajudar a criar um projeto SPA complexo. Por esse motivo o React permiti que você faça uma combinação com outras ferramentas. Atualmente está biblioteca é mantida pela empresa Facebook já que a mesma comprou o Instagram, e sua versão atual é a 16.2. Para ver um exemplo de uso do React clique aqui.

Vue

 O Vue criado em Fevereiro de 2014 é um framework com proposito de ajudar na prototipagem de projetos de maneira rápida. O Vue foi escrito no padrão MVC, as vantagens do Vue são grandes como reutilização de componentes em toda a aplicação, sem precisar criar modelos especiais ou coleções e registrar eventos no objeto. Assim como Angular o Vue vem crescendo cada dia mais! Hoje podemos construir aplicações bem complexas com ele. Para usar-lo é bem simples basta adicionar o seguinte caminho: <script src=”https://cdn.jsdelivr.net/npm/vue “></script> ou então baixar os pacotes pelo npm a partir do seguinte comando:   $ npm install vue (última versão estável) ou CLI pelas etapas abaixo:

  1.  $ npm install --global vue-cli 
  2. # crie um novo projeto usando o modelo "webpack"
  3.  $ vue init webpack my-project 
  4. # instala dependências e vai! 
  5. $ cd my-project 
  6. $ npm install 
  7. $ npm executado dev  

Exemplo de uso de Vue

Então qual usar?

 Não é segredo que hoje estamos na era da internet e que cada vez mais sites estão virando sistemas bem complexos. Hoje uma das principais linguagens da web moderna é o JavaScript, e não adianta querer fugir dela! Você pode até fazer um site com apenas, HTML, CSS e linguagens back-end como PHP junto com Mysql, mas irá depender de JavaScript para poder ter experiências melhores com seu usuário. Sobre a questão qual usar, você pode trabalhar com ambos em uma harmonia! Nada impede isso, mas antes de desenvolver faça um estudo das funcionalidades de seu projeto. Apesar de que o post é destinado a falar sobre as coisas boas dessas ferramentas é bom deixar claro que um framework mal usado pode sim poluir seu projeto! Muitas vezes o melhor pode ser até mesmo criar um projeto sem framework. Espero que tenha gostado deste pequeno post, um grande abraço e até próximo :)  .


Comentários