Publicação

Gerenciando discos com Stratis: Pool de discos

Olá!

O tutorial de hoje é mais uma ferramenta para usar em servidores Linux, o Stratis.

O Stratis é uma ferramenta de gerenciamento de armazenamento local do Linux que tem como objetivo, permitir o uso fácil de recursos de amazenamento como thin provisioning, snapshots e monitoramento baseados em pool.

Entendam, não é raid, é um pool de discos. Para mais informações, recomendo uma olhada no site.

Então o roteiro vai ser o seguinte, vou dividir este tutorial em duas partes, no primeiro, vou mostrar a instalação e a criação do pool de discos e em um próximo, a criação de snapshots.

Bom, na minha máquina virtual, eu criei dois discos, um de 50 e outro de 60GB (queria ver se funcionava com tamanhos diferentes). Usei o Virtual Box, mas o processo varia para cada virtualizador ou, se forem discos físicos.

Feito isso, vamos a instalação: dnf install stratisd stratis-cli -y

Vou iniciar o serviço, habilitar na inicialização e dar um confere no status:

systemctl start stratisd, systemctl enable stratisd e systemctl status stratisd

Pacote instalado, agora com o comando lsblk é possível ver os dois discos que eu adicionei, eles serão usados para criação do pool: stratis pool create nomedopool /dev/sdc /dev/sdd (Onde sdc e sdd são os discos).

O comando stratis pool list exibe os pools existentes;

Agora, é necessário criar um filesystem para que o pool possa ser montado. stratis filesystem create nomedopool nomedofilesystem;

Agora a montagem, que será feita no diretório /disk3. 

mkdir /disk3

mount /stratis/nomedopool/nomedofilesystem / disk3

Está montado, mas como sabemos, essa montagem não é permanente então o que temos que fazer? fstab, a questão é que eu tive problemas ao adicionar o pool no fstab e fiquei pensando que seria pior caso entrassem mais discos posteriormente. Pesquisando, eu vi que a melhor opção nesse caso é inserir o UUID, como são muitos caracteres eu fiz o seguinte procedimento:

Com o comando blkid -p vamos ter o UUID do pool, para evitar problemas ao copiar e colar, usei o comando echo "UUID... /disk3 xfs defaults 0 0 " >> /etc/fstab

Ao verificar com o df -h o pool está mapeado em /disk3;

Era para ser apenas isso, mas eu tive problemas quando a máquina iniciava, mesmo colocando o stratisd como enable, o serviço não subia com a máquina, para resolver eu desabilitei o stratisd da inicialização: systemctl disable stratisd e abri o arquivo stratisd.service, o caminho vai aparecer após o comando anterior;


No arquivo eu editei duas linhas:

Restart=on-always

RestartSec=10

Salve o arquivo e pronto, pode dar um reboot que o serviço vai subir.

Pool de discos criado, espero que tenha sido útil.

Até a próxima,

Abraço!


Comentários