Portal GSTI
Portal GSTI

PublicarCadastre-seLogin
Menu
foto de
Glaucia Lemos

Linguagens de programação: por onde começar?

“Learning to code is like learning to speak a new language.” – Paul Carduner

Paul Carduner, que é Engenheiro de Software do Facebook, escreveu essa frase no seu blog que faz todo o sentido do mundo: “Aprender a codificar é como

Pascal, C, java, Delphi, .Net, C++, COBOL
Exemplos de Linguagens de Programação

aprender a falar uma nova língua.”

Sim. Aprender uma determinada linguagem de programação requer: dedicação, esforço, treinamento e muita, mas muita prática .

Mas, a maioria dos que entram na Faculdade se deparam com a pergunta acima: “Qual linguagem de programação devo aprender primeiro?!”

É uma pergunta que instiga muitos alunos que serão ou pretendem ser futuros programadores ou desenvolvedores de software. Não se preocupe que você seja o primeiro a fazer essa pergunta. Existem diversos fóruns com diversas pessoas manifestando essa mesma dúvida. No de Faculdade eu tive essa dúvida também. =)

No meio de mais de 20 principais linguagens de programação que existem no momento, muitos se questionam e ficam perdidos em qual linguagem devem começar a praticar e estudar.

Paul Carduner, em seu blog, comentou que a melhor linguagem para começar a estudar é HTML . Por ter uma sintaxe simples e ser uma linguagem da WEB.

Depois que aprender o HTML, o Paul Carduner indica uma linguagem de programação mais procedural, nesse caso ele recomenda o Python . Nas duas indicações do Paul Carduner realmente eu concordo com ele.

Hoje, segundo uma pesquisa, muitos tem desenvolvido aplicativos para Android e IOS através dos recursos do HTML5 juntamente com o CSS e claro o JavaScript .

E Python? Até um tempo atrás pagava muito bem quem antes programava em Java (continua ainda). Mas, Python tem ganhado a cada dia mais o seu valor no mercado de trabalho e tem se tornado uma linguagem mais usada no momento.

Mas, por que??? Porque você pode trabalhar com a linguagem Python em diversas esferas do mercado de T.I: desde desenvolver um website, como por exemplo: o site do Globo.com foi desenvolvido em ... Python !! E o maior site de buscas do mundo, o Google , novamente usa o Python.

Então como vocês podem ver, uma das melhores empresas para se trabalhar do Brasil, Globo.com e a melhor empresa de T.I para se trabalhar no mundo usam e desenvolvem suas aplicações em: Python !!!! Sem contar que, com Python você poderá utilizar para desenvolver rotinas de processamento, mineração de Dados , Servidor, Cliente, Desktop e melhor: você poderá desenvolver aplicações para Celular/Tablet . Sem falar que a documentação de Python é uma das mais completas e ricas facilitando o entendimento e o aprendizado.

Mas, pode surgir a seguinte questão: "Ah... programar é muito difícil... nunca conseguirei aprender a programar e muito menos criar uma aplicação para plataformas web e móveis..." Será?

Vejamos a história do morador de rua de Manhattan, EUA, Leo Grand. Leo Grand recebeu a seguinte proposta: ou aceitaria a oferta de ganhar uma esmola de USD 100,00 ou se aceitaria 16 lições de programação. Leo Grand escolheu aprender a programar. Ganhou um notebook e 3 livros do seu professor, Patrick McConlogue .

Qual o resultado? O resultado foi que o Leo Grand desenvolveu um aplicativo chamado Trees For Cars que ajuda as pessoas a oferecerem e receberem carona evitando a emissão de gás carbônico e visando a economia de combustível. No total Leo Grand conseguiu arrecadar mais de USD 14.000,00 com a venda de seu aplicativo.

Podemos notar que nada é impossível. Só precisamos de dedicação e prática para aprender a programar.

O meu conselho é: antes de aprender qualquer linguagem de programação, o aluno deve aprender Lógica de Programação . Pois, é muito importante para qualquer linguagem que você for escolher.

Para aprender lógica de programação eu indico 2 linguagens em particular: linguagem C e JavaScript . Mas, por quê? C porque é uma linguagem de programação compilada, estruturada, imperativa e procedural. Sem contar que o C é uma das linguagens de programação mais populares do mundo e sem contar que C influenciou linguagens como: C#, C++, Shell, Java, JavaScript, Perl, PHP , entre outros.

E JavaScript, por ser uma linguagem de programação interpretada, imperativa, estruturada e principal linguagem para programação cliente-side para WEB. E a melhor parte de estudar JavaScript: ela é baseada em objetos . Ao estudar o JavaScript você terá facilidades em desenvolver qualquer aplicação: móvel ou até mesmo para sistemas WEB. Quem aprender a dominar JavaScript conseguirá emprego na área de programação com muita facilidade em qualquer área de negócio. Com isso, eu recomendo bastante aprender JavaScript!

Mas, como disse o Paul Carduner acima: "Aprender a codificar é como aprender uma nova língua" . Sim. Haverá horas em que você se sentirá frustado nas primeiras vezes em que tentar escrever suas primeiras linhas de código. Mas, lembre-se: nunca desista! Pois é aos poucos que você sentirá os efeitos do seu aprendizado. Ninguém aprende uma nova “língua” de uma hora para outra.

Com base nisso, eu vou citar alguns passos que poderá lhe ajudar aprender a programar sem se desgastar :

1. Antes de qualquer coisa – aprenda Lógica de Programação . Pois te ajudará a ter um raciocínio lógico não só nas linguagens que eu mencionei aqui, mas em diversas linguagens de programação. Existem muitas apostilas e até mesmo cursos de Lógica de Programação na internet. Inclusive aqui no site do PortalGSTI temos uma lista imensa de cursos gratuitos que te auxiliará a aprender a programar.

2. Participe de fóruns. É imprescindível você fazer parte de algum fórum que trate da determinada linguagem de programação que você está estudando. Eu recomendo muito criar uma conta no GitHub . Lá você de cara aprenderá a versionar códigos , poderá ter ajuda de outros programadores, você poderá pegar um determinado repositório para estudar ou até mesmo melhorar o projeto postado. (Na próxima vez escreverei um artigo da importância de versionamento de código e qual é a importância em ter uma conta hoje no GitHub ;)

3. Pratique, pratique e pratique. Procure treinar e estudar 1 hora por dia a linguagem escolhida. Não existe fórmula secreta. A melhor forma de você captar a essência da linguagem é praticando. Outra coisa muito importante: você vai errar bastante. Mas, lembre-se: são com os erros que você aprenderá os macetes e o famoso “instalo” surgirá na sua cabeça, onde a programação fluirá com naturalidade.

4. Depois que você se sentir mais confiante na linguagem procure estudar Estrutura de Dados . Através desse estudo você começará a organizar os algoritmos que serão mais rápidos num determinado processamento do programa. Existem diversas apostilas e vídeo aulas (aqui mesmo no site do PortalGSTI) explicando sobre: vetores, listas, pilhas e árvores – que são muito importantes em qualquer linguagem de programação.

5. Essa é uma dica do blog do Paul Carduner: ao tentar aprender a programar procure estudar com outras pessoas . Segundo ele, sempre é melhor ter 2 pessoas pensando em algo do que um. Sem contar que, uma vez que você desenvolve uma determinada solução em conjunto ou com outras pessoas, você conseguirá solucionar um determinado problema muito mais fácil.

Lembrando que o ponto de vista de um pode ser diferente do outro, deixando assim o sistema ou programa mais completo para o usuário final.

6. E o último e muito importante: aprenda inglês. Não precisa ser fluente. Mas, pelo menos um nível que possa realizar uma determinada leitura técnica dos artigos. Pois, tem muito material excelente na internet para aprender diversas linguagens de programação. Porém na sua grande maioria em inglês.

Seguindo esses passos, você não se tornará um expert. Pois é com a experiência , tempo e constante aprendizado que fará com que você obtenha mais experiência na linguagem em que você escolheu. Mas, você pode ter a mais plena certeza de que, ao fazer isso, te dará uma definição mais concreta na escolha de uma determinada linguagem de programação que queira se especializar e trabalhar depois que se formar na Faculdade.

Todos os anos o site Code Eval faz uma lista das linguagens de programação mais usadas do ano corrente. Abaixo segue as linguagens mais usadas em 2014:

Pesquisa sobre estatísticas de uso de linguagens de programação
Linguagens de programação mais usadas de 2014

Notem que Python tem ganhado grandes posições se tornando a linguagem de programação mais usada de 2014.

A partir das próximas semanas, eu estarei postando aqui no Portal GSTI links de sites e vídeos para aprender programação. Em cada postagem eu indicarei a linguagem de programação com o material, a importância em aprender a determinada linguagem, qual o valor do mercado (salário) e qual função poderá desempenhar no mercado de trabalho.

E vocês, o que acham sobre o tema preposto? Expressem seus comentários e até mais! =)

Estude linguagens de programação no Portal GSTI:

COMPARTILHE

Glaucia Lemos
Glaucia Lemos2 Seguidores 1 Publicação
Seguir

Comentários