Portal GSTI
Portal GSTI

PublicarCadastre-seLogin
Menu
foto de
Bruno Sousa

Exposição de informações pessoais em redes sociais

Artigo de Opinião – Bruno Sousa.

        Quem não gosta de ser visto? Quem não gosta daquele “like” em uma foto ou vídeo daquele lugar bonito, daquela foto de seu novo bem adquirido? Então, é ótimo quando somos lembrados, mas também é muito perigoso, então você se pergunta “mas como?”.

        A internet é de “livre acesso a todos e para todos”, ao momento o qual você faz uma publicação de algo, aquela pequena informação cai na “rede” e após isso qualquer pessoa em qualquer lugar do mundo tem acesso a ver suas informações, existe redes sociais que é possível realizar uma restrição de visibilidade, porem isso é apenas uma casca do que podemos chamar de privacidade, pois mesmo assim quem garante que outras pessoas não terão acesso a suas fotos? 

        Diariamente eu mesmo me questiono se público ou não fotos de minha vida, minha rotina, caso eu escolha postar estarei expondo minha privacidade a todos, a partir do momento que alguém consegue ter acesso a minhas informações isso se torna um perigo. Perigo por que Bruno? Alguém sabe como funciona um levantamento de informações? Como se obtém dados de uma determinada pessoa? Antigamente poderíamos nos basear em Sherlock Holmes, mas hoje basta ficarmos algumas horas na frente do computador ou de um dispositivo que tenha acesso a internet e vamos começar a minerar todas as informações de quem queremos, “Olha o Carlos, ele comprou um carro novo, a casa dele é na rua Maringa, Próximo ao supermercado União, ele tem um cachorro, não representa ameaça, ele tem dois filhos, um deles está na faculdade, ele gosta de futebol”. Eu as vezes vejo um perfil de uma pessoa e vejo toda a vida dessa pessoa apresentado em fotos, em vídeos, em comentários. 

        As pessoas geralmente agem por inocência, acreditando que o calor do momento é ser popular, mas a vida não é um mar de rosas, pessoas má intencionadas ficam aguardando qualquer nova publicação sua, seja para fazer algo ruim ou para agir com outras intenções. Crimes digitais, todos vemos relatos em nosso dia-a-dia na mídia, pessoas que foi feita montagens com suas fotos, logo abaixo irei mostrar um vídeo, que já tem algum tempo, mas vale apena pensar um pouco mais sobre o que você deve tornar público ou não.

Lhe pergunto caro leitor; Você gostaria de que todos tivessem acesso a suas informações particulares, seus segredos mais íntimos?

Deve haver um policiamento intelectual do que fazer e o que não fazer.



COMPARTILHE

Bruno Sousa
Bruno Sousa2 Seguidores 2 Publicações Administrador de Redes, Analista de segurança da informação
Seguir

Comentários