Publicação

Empreender em tempo de crise: Sem precisar investir muito e sair de casa

foto de
Stefani Rejane CONTEÚDO EM DESTAQUE

Nos últimos meses experimentamos muitas coisas, voltamos a questionar nossos comportamentos com a rotina diária e fomos obrigados a nos adaptar ao isolamento social.

Com a economia e a saúde afetadas, muitas pessoas tiveram que mudar o percurso dos seus projetos para 2020, acrescentando novas contribuições para não deixar seus planos de lado.

As pessoas passaram a se reinventar, onde as mudanças de comportamento e as dificuldades da renda fixa, favoreceram ao que chamamos de empreendedorismo em tempo de crise.

No entanto, empreender no momento atual exige alguns esforços, com organização e dedicação para construir um bom negócio.

No post de hoje, vamos trazer algumas ideias para você testar no seu plano empreendedor, sem precisar investir muito dinheiro e o principal, sem sair de casa.

Planejando em tempos de crise


O primeiro pensamento de quem está disposto a empreender é se vai dar certo. De fato, essa deve ser uma preocupação, pois ninguém começa seu próprio negócio para desistir no meio do percurso.

Por isso, é importante que dentro dessa possibilidade você tenha bem alinhado o tipo de negócio, principalmente sobre qual produto ou serviço que será oferecido, determinando o público que ele abrange e o segmento onde está inserido.

Independente se for para uma renda extra, o seu negócio precisa estar bem estruturado, com ações que poderão ajudar nos resultados.

Muitas vezes, começar com pouco investimento financeiro, mas com um diagnóstico claro do seu produto pode ser uma oportunidade, especialmente para ampliação e sucesso da sua marca.

Isso vale também para quem já está em atividade, seja de uma loja de roupas ou mercearia, a ideia de empreender em tempo de crise sugere organização. Por exemplo, apostar em vendas online é uma maneira de ampliar seu comércio sem sair de casa, assim como investir em entregas deliverys que estão super em alta e geram bons retornos.

Avalie o mercado atual


O planejamento é um importante aliado na hora de empreender, tanto quanto a avaliação do mercado atual do seu produto ou serviço.

Portanto, para oferecer melhores soluções, faça uma avaliação sobre o que as pessoas estão a procura nesta quarentena.

Uma dica para quem não possui ideia do que empreender: verifique quais são suas habilidades, seja para ensinar algo novo ou apostando na venda de produtos, como os artesanais que não exigem muitos investimentos de materiais e ferramentas.

Muitos dos casos, a pessoa precisa somente investir em materiais básicos e fáceis de encontrar, como as colas universais, que são indicadas para vários materiais. Caso ocorra algum acidente ao ter contato com a pele, existem melhores práticas para remover o produto com segurança e facilidade.


Sendo assim, os segmentos de consertos e atividades manuais foram os mercados que mais cresceram neste período, sendo uma oportunidade para quem precisa dar um up no orçamento.

Navegue contra os pessimistas


Para manter-se com seu negócio funcionando, é necessário navegar contra a corrente negativa, aprender a se organizar para não se prejudicar.

De nada adianta ter pensamento positivo acerca da crise econômica mundial se você não sabe por quais caminhos percorrer. Por esse motivo, planejar e cumprir com suas obrigações como empreendedor são ótimas ferramentas.

Tenha em mente qual produto se encaixa no seu negócio, determinando a forma de oferecê-lo ao cliente, levando em consideração o cenário atual.

Portanto, crie um diferencial da concorrência, mostre o valor do seu empreendimento, mas seja realista consigo mesmo: o resultado pode demorar um pouco, mas é preciso colocar o projeto em prática.

Comentários