Publicação

Quanto custa um website?

foto de
Gabriel Lafeta CONTEÚDO EM DESTAQUE

Pense nos requisitos atuais do seu site para a sua empresa. Quanto custa um site? Quanto você acha que deveria custar para construir? R$ 500? R$ 2.000? R$ 5.000? R$ 15.000? R$ 50.000? R$ 100.000 +?

O cálculo de custos para a criação de site é complexo, especialmente antes que um briefing adequado possa ser feito. Portanto, vamos dar um passo atrás e discutir dois tipos diferentes de sites - um site como produto e um site como ferramenta promocional. 

Um site como um produto

Se um site for parte integrante do que a empresa oferece, esse site pode ser classificado como um produto.

Um jornal precisa de seu site para apresentar artigos aos leitores. Seu produto é o conteúdo que escrevem. Sem uma plataforma para fornecer esses artigos ao seu público, eles não têm negócios, a menos que sejam corajosos o suficiente para ser uma publicação apenas impressa.

Uma empresa que vende mercadorias on-line, seja ela própria ou como um agregado de outras marcas, precisa de uma plataforma para mostrar e vender esses produtos. Mesmo que o site não permita a compra direta, mas sirva como um afiliado que direciona para a fonte onde o produto pode ser adquirido, esse site ainda serve como produto para a empresa.

Ter seu site servindo como seu produto significa que mais cuidado deve ser colocado no design, construção e manutenção. Isso não significa que deva ser mais caro, simplesmente significa que você tem um objetivo diferente para a plataforma e como ela deve ser cuidada.

Um site como ferramenta promocional

Também conhecido como site promocional. O objetivo desses sites é apenas servir de promoção para os produtos ou serviços da empresa. Isso apresenta muitos objetivos diferentes para a empresa - comunicar claramente as ofertas da empresa, ter uma boa classificação nos mecanismos de pesquisa, funcionar bem, ter uma boa aparência.

Todos esses objetivos devem ser cumpridos, ou pelo menos tentados, porque o objetivo principal desses sites é converter os telespectadores em “clientes”. Se isso não acontecer, você não está promovendo seu negócio da maneira correta.

O entendimento mais comum de um cliente é alguém que adquire seu produto ou serviço. Com os sites, a definição de cliente se expande muito. Um cliente pode ser alguém que solicita mais informações, se inscreve em seu webinar, oferece uma doação para sua causa, incorpora as ideias que você está promovendo ou visita sua exposição.

Então, quanto você deve gastar em um site?

Um site pode ser construído para qualquer orçamento. O que precisa ser entendido é que quanto menor o orçamento, mais suas opções e ideias são limitadas. Aqui está um detalhamento do que acreditamos que deve ser gasto em seu site:

Já tem a marca em vigor e simplesmente precisa que suas informações sejam apresentadas de maneira adequada em uma página da web? 

Você tem informações que precisam ser organizadas, estruturadas e dispostas de maneira adequada em várias páginas? Você está olhando para cerca de R$ 2.000 +.

Seus requisitos são mais complexos do que os exemplos simples acima e você deseja apresentar o caráter e as nuances do seu negócio? Você precisa de certas integrações com software de terceiros, funcionalidade a ser construída a fim de fornecer aos seus usuários uma experiência melhor ou deseja uma organização e estrutura mais aprofundadas de suas informações? R$ 5.000 + dependendo da funcionalidade necessária.

Funcionalidades específicas, como contas de usuário, integrações com gerenciamento de estoque ou bancos de dados personalizados, um CMS personalizado ou interações complexas do usuário, precisam ser incorporadas? Com a funcionalidade personalizada, o preço começa a passar de R$ 15.000 +. O mais no final desses “R$ 15.000” vai até o fim para corresponder a qualquer funcionalidade necessária para o seu negócio e seu site.

O que deveria, agora, ser um padrão

As tecnologias da Web percorreram um longo caminho somente na última década. Isso resultou em um conjunto básico de requisitos que precisam ser incluídos em qualquer site. Sem eles, um site não tem lugar na Internet de hoje.

Alguns desses padrões são, otimizar o site para diferentes tamanhos de tela, Search Engine Optimization (SEO) para melhorar a visibilidade do seu site para os mecanismos de pesquisa, estruturando corretamente o conteúdo e a marcação para aumentar sua relevância e remover barreiras para que seja indexado e configuração do certificado SSL para garantir que seu site seja seguro por meio do protocolo HTTPS.

Quanto você gastou no seu site e você considera um investimento que vale a pena?

Comentários