Portal GSTI
Portal GSTI

PublicarCadastre-seLogin
Menu
foto de
Juliana Basilio

O que é a web semântica e como ela irá mudar a internet?

Diante da constante necessidade de renovar os conceitos, surge a web semântica que vem trazer uma nova forma de interatividade entre o usuário e a internet. Imagine a quantidade de formulários em papel ou on-line que você já preencheu que possui alguns campos em comum como nome e CPF. Agora imagine se você pudesse ver todos os documentos de todos os arquivos e todos os bancos de dados do mundo de alguma forma interconectados fluindo em uma rede de dados eletrônica. Isso é possível através da web semântica que nada mais é do que uma web com toda sua informação organizada de forma que não só seres humanos, mas também as máquinas possam entendê-las.

“Precisamos de linguagens para expressar as relações entre os diferentes tipos de dados: uma “web semântica” que permita que todos os dados sejam vistos como uma única grande base de dados. A web semântica será revolucionária para o e-commerce. “ Tim Berners-Lee

A base da web semântica vem do modelo Pull, que consiste em puxar informações para obter o que precisamos na hora que precisamos. Podemos usar como exemplo, o envio de uma encomenda pelos correios: Normalmente colocamos o endereço no pacote adivinhando que o dono da encomenda estará no local, no modelo de dados pull tudo que faremos é colocar o identificador do destinatário sobre a encomenda e ele puxará a encomenda para o local que estiver. O mundo pull é muito mais eficiente do que o de hoje, com a sua implantação poderemos, no futuro, eliminar uma quantia significativa de desperdícios na economia.

E tudo isso tem a ver com a forma com que lidamos com a informação através de seus metadados, que nada mais é do que a forma como descrevemos uma coisa, uma pessoa ou um serviço. Com a padronização dos metadados obteremos resultados incríveis na internet.

Uma tecnologia utilizada para o desenvolvimento da web semântica e que já está em vigor é o XML ( Extensible Markup Language), ela permite a criação de suas próprias tags e labels como anotações nas páginas da web ou seções de textos em uma página.
As tags são o que tornaram nossas páginas, sites, portais e blogs em semânticos, determinando se uma informação pesquisada está em determinada página. Os buscadores lêem a tag que é um nodo de (nome, valor) e irá identificar a informação (valor) conforme o dado (nome).
A aplicabilidade da web semântica tornará a navegabilidade pela internet totalmente prática, melhorando os resultados de buscas, tornando-os mais relevantes.

A internet está caminhando para algo que seja próximo dos nossos pensamentos, com foco no usuário, onde cada vez menos será preciso que ele digite inúmeras informações ou faça diversos logons para realizar suas atividades do dia-a-dia.

Ainda encontramos algumas dificuldades para que nossos pensamentos se tornem realidade, como os sites já publicados adequarem suas páginas a web semântica.

A cada dia a web semântica vem se desenvolvendo, trazendo para a realidade coisas que jamais imaginaríamos ser possível. Como toda nova tecnologia, ela terá seu custo para ser implantada, mas os benefícios trarão uma boa imagem para os pioneiros. Afinal, que empresa não gostaria de ver os olhos dos seus clientes brilhando quando mostrar pra ele o lucro que ele obterá através do site desenvolvido com a tecnologia web semântica.

Começando com pequenos passos, obteremos um grande resultado. Como disse Ray Kurzweil “Quando eu era estudante do MIT, dividíamos um computador que ocupava um prédio inteiro. O telefone celular em seu bolso é 1 milhão de vezes mais barato e mil vezes mais poderoso que aquela geringonça. Isso equivale a 1 bilhão de vezes o desempenho de vendas – e atingiremos novamente essa marca nos próximos 25 anos.”
Referencial Bibliográfico
http://www.oficinadanet.com.br/artigo/1831/web_semantica_ou_web_3.0_o_que_e_e_para_que_serve
Siegel, David. PULL – O futuro da internet e o impacto da web semântica em seus negócios. Editora: Campus

Juliana Basilio da Silva
Celular: (62) 8102-3009
Bacharel em Engenharia da Computação - PUC-GO
MBA- Governança nas Tecnologias da Informação - IPOG-GO

Outros artigos sobre desenvolvimento de websites:

COMPARTILHE

Juliana Basilio
Juliana Basilio15 Seguidores 13 Publicações Outros
Seguir

Comentários