Portal GSTI
Portal GSTI

PublicarCadastre-seLogin
Menu
foto de
Fernando Palma

De quem é a responsabilidade da Governança de TI?

A responsabilidade sob os resultados da #Governança de TI dentro de uma empresa é da alta administração, seja esta representada por um CEO, comitê executivo, diretor(es) ou funções equivalentes.  

A verdade é que a alta administração é responsável por toda a governança corporativa / empresarial; o que certamente envolve RH, administrativo, comercial, e também Tecnologia da Informação. Seria incoerente atribuir tal autoridade ao CIO ou Diretor de Tecnologia. 

Você pode estar se perguntando: quer dizer que o chefe executivo da minha empresa deveria estar elaborando Planos Estratégicos de TI, montando relatórios sobre serviços de TI, e gerenciando o setor para que alcance os objetivos de negócio? Resposta: não! 

Parece confuso? Vamos refletir...  

Entendendo melhor o papel de cada um

O fato da alta administração ser responsável não significa um CEO (chefe executivo) vá - e nem deveria - colocar a mão na massa para planejar TI, desenhar processos ou mesmo decidir sozinho quais serão as diretrizes para TI.  

Naturalmente, quem garante que planos estratégicos, controles e processos de TI estejam em dia é o Chefe de TI (o CIO)*. Ele mesmo executará parte deste trabalho e delegará o restante que permanecerá sob sob sua supervisão, direção e controle.

* Ou papel / função equivalente. 
A alta administração deve se responsabilizar pelos resultados, através de ações como:
  • reunir-se constantemente com o CIO e demais partes interessadas;
  • compartilhar formalmente as diretrizes, estratégias corporativas e objetivos corporativos;
  • discutir com o CIO e demais partes interessadas as diretrizes prioritárias para TI;
  • garantir que todas partes interessadas serão envolvidas em decisões para tais diretrizes;
  • comprometer-se com as diretrizes para TI, acordando com todos envolvidos quais são as reais necessidades do negócio que devem ser buscadas por objetivos de TI;
  • participar do processo de gerenciamento estratégico de TI:
  •  aprovar planos estratégicos / diretores de TI;
  • acompanhar e influenciar os objetivos de TI de forma a garantir o alinhamento com os objetivos; corporativos;
  • acompanhar o desempenho estratégico de TI;
  • reportar constantemente necessidades de ajustes.

Sem a intenção de esgotar o papel da alta administração na Governança Corporativa para Tecnologia da Informação, a lista é apenas um ilustração de como esta função deve chamar pra si a responsabilidade. O que importa é compreendermos que o CEO, Comitê, ou papel similar que a represente, deve estar comprometido com o sucesso do sistema de gestão que dirige e controla TI, pois é a principal autoridade deste sistema.  

Para não restarem dúvidas...

Expressando tudo isso em um exemplo: imagine que empresa acaba de falir porque pecou ao definir a estratégia de TI de forma inadequada. O CEO dessa empresa não pode se declarar imune a este fracasso e atribuir a culpa á diretoria de TI, pode?

Ora, ainda que ele não tenha qualquer habilidade com tecnologia, continuará sendo o principal responsável por garantir que o departamento de TI - e todos demais departamentos - estão indo no caminho certo!

Para saber mais, sugiro a leitura: o processo de governança de TI com COBIT e ITIL

COMPARTILHE

Fernando Palma
Fernando Palma205 Seguidores 574 Publicações Consultor de TI, CEO
Seguir
Sou fundador e CEO do Portal GSTI, Consultor, professor e instrutor em Governança de TI e Gestão TI. Graduado em SI, mestrando em administração, Certificado ITIL Expert, ITIL Manager, COBIT, OCEB, ISO 20k, e ISO 27k.

Comentários