Portal GSTI
Portal GSTI

PublicarCadastre-seLogin
Menu
foto de
Fernando Palma

Use quick wins na adoção da ITIL

Como os quick wins podem ajudar na adoção das boas práticas da biblioteca da ITIL V3 (serie de artigos)


Ganhos rápidos (do inglês quick wins ) são importantes para o desenvolvimento de qualquer projeto ou plano de ação. Eles ajudam com o sucesso do investimento que está sendo realizado e, em algumas situações, podem ser indispensáveis.

Nesta séria de artigos, pretendo tratar sobre os ganhos rápidos da adoção de  diversos processos da ITIL V3 , mostrando também como aproveitá-los em seu projeto e explorá-los para obter a confiança dos envolvidos e sucesso na gestão de serviços de TI.

Nesta primeiro capítulo, a intenção é realizar uma breve introdução a expressão quick wins (ganhos rápidos).

O que são quick wins ?

Para ter uma noção do que significa ganhos rápidos , imaginemos a seguinte situação: você precisa entregar 6 novas customizações de um determinado sistema que estão atrasadas, causando insatisfação do seu cliente a ponto que ele não acredita mais que receberá as alterações solicitadas.

Para saber como organizar as entregas, você então realiza um levantamento de prioridades, e chega a conclusão da classificação a seguir (considere prioridade zero a maior e seis a menor):

  • Entrega 01: prioridade 5
  • Entrega 02: prioridade 6
  • Entrega 03: prioridade 0
  • Entrega 04: prioridade 1
  • Entrega 05: prioridade 3
  • Entrega 06: prioridade 3
Após este levantamento, poderia chegar a conclusão de que deve desenvolver primeiramente as entregas 03 e 04, certo?

A resposta mais adequada para esta pergunta é: nem sempre. Imagine, por exemplo, que o esforço médio para desenvolver as entregas de 01 a 04 seja de 240 horas cada. Já as entregas 05 e 06 exijam um esforço de 32 horas cada.

Nesta situação, talvez seja interessante realizar as entregas 05 e 06 primeiramente , buscando uma satisfação instantânea do cliente que não está feliz e desacreditado.

Em muitos casos, será uma decisão sensata seguir por esta opção descrita no parágrafo anterior, em outras não. O que importa é que devemos estar atentos a detectar os nossos quick wins, e conduzir as ações de forma a aproveitá-los, quando aplicáveis. Eles podem ser explorados na adoção de qualquer boa prática, potencializando os benefícios adquiridos.

Nesta série de artigos, pretendo eleger alguns quick wins comuns, quando adotados processos da ITIL V3, na gestão de serviços de TI.

A seguir, alguns prováveis benefícios dos ganhos rápidos , ou quick wins .

  • motiva os envolvidos com o seu projeto ou implementação;
  • ajudam a dar credibilidade a seu projeto ou ação, pois demonstra resultados em um momento inicial;
  • contribui para que os envolvidos avaliem o andamento do projeto ou ação e deem feedbacks o quanto antes;
  • melhora a comunicação;
  • entre outros.
Nos próximos capítulos desta série de artigos, tratarei sobre ganhos rápidos para um processo específico, em cada um dos capítulos. O primeiro deles será sobre Gerenciamento de Mudanças . Espero encontrá-lo de volta rapidamente.

Leia outros artigos desta série:

COMPARTILHE

Fernando Palma
Fernando Palma202 Seguidores 574 Publicações Consultor de TI, CEO
Seguir
Sou fundador e CEO do Portal GSTI, Consultor, professor e instrutor em Governança de TI e Gestão TI. Graduado em SI, mestrando em administração, Certificado ITIL Expert, ITIL Manager, COBIT, OCEB, ISO 20k, e ISO 27k.

Comentários