Portal GSTI
Portal GSTI

PublicarCadastre-seLogin
Menu
foto de
Fernando Palma

Mudança emergencial

O que é uma mudança emergencial

Segundo a biblioteca #ITILuma mudança emergencial é um tipo de mudança que precisa ser implantada prontamente e normalmente está associada à correção de uma parada no serviço e/ou Erro na #Infraestrutura de TI.

Alterações de emergência às vezes são necessárias e devem ser cuidadosamente projetados e testadas, antes da liberação do serviço modificado.

Por mais precavido e proativo que for um departamento de TI, é inevitável que casos de emergência ocorram e devemos estar planejados para agir diante destes, ou o impacto da mudança emergencial pode ser maior do que o incidente inicial que gerou a própria.  

Existe uma série de detalhes que precisamos conhecer e sedimentar para trabalhar com mudanças emergenciais, e para isso vamos começar conhecendo algumas de suas características.

Características Básicas da Mudança Emergencial

 São algumas de suas características:

  • Mudanças Emergenciais podem ser documentado de forma retrospectiva, após a sua implantação (note que isso não significa que elas podem deixar de ser documentadas) .
  • Quando a necessidade de reunião do Comitê, este será o Comitê Consultivo de Mudanças Emergenciais
  • Deve ser evitada ao máximo .
  • O número de alterações de emergência deve ser monitorado e para este devem existir metas (quantidade máxima por período) .
  • Geralmente envolvem maior probabilidade de ocorrência de falhas após sua Implantação.
  • Precisam de procedimentos que devem ser elaboradas para lidar com estas Mudanças rapidamente, sem sacrificar os controles administrativos normais .
  • O procedimento de mudança de emergência é exclusivo para alterações que destinam-se a reparar erros em Serviços de TI que estão impactando negativamente os negócios a um elevado grau .
  • Deve existir um Plano de Remediação para Mudanças Emergenciais!
  • Devem ser adequadamente Testadas antes que implantadas no ambiente de Operação!

Considerações Finais

Mudanças que destinam-se a introduzir novos requisitos do serviço, por maior que seja a urgência, jamais devem ser tratadas como emergenciais mas como mudanças normais. 

e a Mudança é necessária com Urgência (Por causa falhas no planejamento ou mudanças bruscas de requisitos de negócios), esta deve ser tratada com a máxima prioridade atribuída à Mudança Normal.

COMPARTILHE

Fernando Palma
Fernando Palma202 Seguidores 574 Publicações Consultor de TI, CEO
Seguir
Sou fundador e CEO do Portal GSTI, Consultor, professor e instrutor em Governança de TI e Gestão TI. Graduado em SI, mestrando em administração, Certificado ITIL Expert, ITIL Manager, COBIT, OCEB, ISO 20k, e ISO 27k.

Comentários