Portal GSTI
Portal GSTI

PublicarCadastre-seLogin
Menu
foto de
Fernando Palma

Por que a ITIL faz tanto sucesso?

No fim da década de 80 e inico de 90, o Reino Unido criou uma documentação baseada nas melhores praticas de Gerenciamento de Serviços de TI. Estas práticas foram mais tarde intituladas Information Tecnologie Infrastructure Library – ITIL, que significa Biblioteca de Infraestrutura da Tecnologia da Informação.

Esta primeira versão cresceu até chegar a mais de 40 livros e despertou interesse da comunidade de GSTI . Nos anos 90, ITIL começou a se tornar popular. Entre 1990 e 2004, foi produzida a versão 2 da ITIL, contendo um total de 9 livros e em 2007, finalmente a versão 3, com 5 livros (esta versão passou por uma revisão em 2011).

Durante sua evolução, a ITIL se consolidou como um padrão mais utilizado para prestação de serviços de TI. Dentre os motivos que garantiram este sucesso a biblioteca, destaca-se que se trata de boas praticas, a nível mundial, ou seja, uma reunião de conhecimentos das empresas em relação a GSTI. A ITIL serve de inspiração, é uma grande biblioteca de infra-estrutura de TI, uma referência, uma linguajem comum para gerenciamento de serviços, conjunto de processos eficientes que procuram alcançar objetivos, sempre buscando a entrega de valor para o negócio.

Segundo os autores do Livro “ ITIL-v3-Official Introduction To The Itil Service Lifecycle ”, existem algumas características-chaves que contribuem para o sucesso da ITIL:

  • Não tem proprietário (Non-proprietary) : as práticas são aplicáveis a qualquer organização porque elas não são baseadas em uma plataforma de tecnologia particular, ou determinado tipo de indústria. Elas pertencem ao Governo do Reino Unido e não a um proprietário com fins comerciais.
  • É não prescritiva (non-prespective) : ITIL oferece praticas robustas, maduras e bem testadas. Que podem ser aplicadas em todos os tipos de serviços dentro das organizações. ITIL é útil e relevante em setores privados e públicos, para provedores de serviços internos e externos, empresas pequenas, médias e grandes, e dentro de qualquer ambiente técnico.
  • São melhores práticas (best practice ) : representam o aprendizado, a experiência e o pensamento dos melhores líderes de prestação de serviços
  • Boa Prática (good practice) : todas as melhores praticas viram praticas comuns, com o passar do tempo. E são substituídas, por novas melhores práticas (melhoria contínua).

COMPARTILHE

Fernando Palma
Fernando Palma199 Seguidores 573 Publicações Consultor de TI, CEO
Seguir
Sou fundador e CEO do Portal GSTI, Consultor, professor e instrutor em Governança de TI e Gestão TI. Graduado em SI, mestrando em administração, Certificado ITIL Expert, ITIL Manager, COBIT, OCEB, ISO 20k, e ISO 27k.

Comentários