Portal GSTI
Portal GSTI

PublicarCadastre-seLogin
Menu
foto de
Marcelo Gaspar

Desvendando o BPM parte 20

Desvendando o BPM parte 20 - Transformação de processos Orquestrando a Mudança.

BPM
BPM

Amigos do Portal GSTI, em nosso post anterior, Desvendando o BPM parte 19 , abordamos a transformação de processos no tocante - Construção da implementação, Instalação e treinamento. Neste post, continuaremos a abordar a transformação de processos focando na orquestração da mudança, ressaltando que estamos nos baseando no  guia para o gerenciamento de processos de negócio – Corpo comum de conhecimento - CBOK® (ABPMP) versão 2.0. 2009 .

Orquestrando a Mudança
  • Um dos principais aspectos e talvez uma das maiores barreiras na implementação de processos de negócio é conseguir o apoio necessário e por conseguinte a aceitação das mudanças por parte executores e donos do processo de negócio.
  • Outro grande desafio em um projeto BPM, assim como em outros tipos de projetos, é manter motivados os principais participantes da iniciativa BPM na adoção de novos comportamentos.
  • Logicamente com o aumento da qualidade do serviço cira-se uma facilidade na busca da organização em fornecer produtos e serviços melhores aos clientes.
  • O gerenciamento da mudança deve ter como meta um grupo holístico de fatores organizacionais.
O modelo McKinsey 7S

Segundo a wikipedia , o Modelo McKinsey 7S é um modelo de gerenciamento que tem por objetivo demonstrar que a organização não é formada apenas por uma estrutura, mas também por 7 elementos divididos em duas áreas: hardware (hard-s) e software (soft-s). Estas, por sua vez, são: Estrutura, Sistemas, Estratégia, Habilidades, Pessoas, Estilo e Objetivos prioritários (mais tarde transformado por Peters em Valores compartilhados).

Hard-s
  1. Estratégia(Strategy) – garantir que os processos de negócio contribuam para fornecer valor ao cliente.
  2. Estrutura(Structure) – habilitar inter funcionalidades.
  3. Sistemas(Systems) – processos e procedimentos formais, incluindo planejamento, orçamento, alocação de recursos, controles e premiações, informação e sistemas de distribuição.
Soft-s
  1. Estilo/cultura (Skills) – promover uma cultura colaborativa.
  2. Equipe/pessoas(Staff) – fomentar a orientação a equipe, abertura a mudança.
  3. Habilidades(Skills)  – treinar interatividades.
  4. Valores compartilhados(Shared Values) – promover através da cultura e incentivos de desempenho.
Usando o modelo McKinsey 7S na transformação de processos:
  • O gerenciamento da mudança para BPM deve ter como alvo direto os últimos cinco S; Sistemas(Systems),Estilo/cultura (Skills), Equipe/pessoas(Staff), Habilidades(Skills), Valores compartilhados(Shared Values); alinhados com a estratégia, estrutura e ambiente da organização. Para melhorar o desempenho da organização, gestores e executores treinados em BPM devem adotar atividades em processos de negócio sejam eles novos ou revisados de acordo com valores compartilhados e alimentados pela liderança.
  • Os alvos para mudança de processos deveriam ser achados dentro de uma estrutura de trabalho para o gerenciamento de mudança.
  • Na a fase de implementação, poderão ocorrer novas solicitações de mudança para processos de negócio e especificações de atividades de gerenciamento de processos de negócio as mesmas devem ser preparadas e aprovadas de acordo com as políticas e procedimentos de gerenciamento de mudança padrões da organização.

No próximo post, continuaremos a falar de transformação de processos, espero sinceramente que o conteúdo tenha sido útil!

Leia os outros artigos desta série:
ATENÇÃO!! Não vá embora ainda! Nós temos um pedido importante: compartilhe esta publicação!! Use os botões de redes sociais disponíveis logo abaixo. Ajude a divulgar o nosso trabalho! Caso deseje acompanhar nossas publicações nos siga no Facebook , Linkedin ou por Email . O Portal GSTI agradece sua visita!

COMPARTILHE

Marcelo Gaspar
Marcelo Gaspar3 Seguidores 58 Publicações
Seguir

Comentários