Portal GSTI
Portal GSTI

PublicarCadastre-seLogin
Menu
foto de
Fernando Palma

Registro de Mudança e Requisição de Mudança

Objetivo

Este artigo apresenta as diferenças entre dois conceitos de gestão de mudanças, processo que pertence a etapa de Transição de Serviços de TI da #ITIL.

Registro de Mudança

O conceito de registro é o mesmo aplicado a registro de incidente, problema, configuração ou liberação. Registramos mudanças para armazenar informações pertinentes a todo o seu ciclo de vida.

Um registro contém os detalhes de uma mudança, normalmente criado e gerenciado de forma eletrônica por ferramentas automatizada (sistemas web e afins). Cada registro de mudança documenta o histórico de uma única mudança, ou seja, todas as informações desde sua requisição ao encerramento.

No início da ciclo de vida da mudança, seu registro incorpora as informações da requisição, tais como:
  • solicitante; 
  • descrição; 
  • benefícios; 
  • efeito de não implementar; 
  • tipo; 
  • categoria;
  • origem da alteração;
  • serviço(s) relacionado(s);
  • partes envolvidas;
  • data da Solicitação;
  • impacto e risco previstos.
Ao longo das demais etapas, são acrescentadas ao registro informações como:
  • avaliação da mudança;
  • status de aprovação;
  • status de implementação;
  • impacto atualizo;
  • avaliação de riscos atualizada;
  • prioridade;
  • atividades realizadas;
  • recomendações do comitê;
  • data prevista para implementação da mudança;
  • sucesso ou insucesso de sua implementação;
  • incidentes ocorridos após implementação da mudança;
  • resultados positivos após da mudança implementada;
  • revisão pós implementação.

Obs.: este é um levantamento resumido dos atributos registrados. Muitos outros podem ser utilizados. 

Requisição de Mudança (RDM)

É uma solicitação formal para uma mudança a ser feita. A Requisição de Mudança (RDM) inclui detalhes da mudança solicitada, e pode ser registrada em papel ou por via eletrônica.  

Uma RDM portanto é o principal gatilho do processo de gestão de mudanças e não deve ser confundido com registro.

Comparando os Conceitos de RDM e Registro de Mudanças

RDM´s são usados ​​apenas para solicitar mudanças e não para comunicar as decisões de mudança ou para documentar os detalhes do andamento de alterações. Um registro de mudança contém tudo o que é necessário para gerenciar o ciclo de uma mudança, incluindo informações da RDM.

A própria ITIL evolui com o passar do tempo sobre estes conceitos. Até a versão 2 da Biblioteca considerava Requisição de Mudança como um termo homólogo a Registro de Mudança. A partir da Versão 3, adotou uma abordagem diferente, até que na versão revisada em 2011 legitimou o Conceito de Registro de Mudança como um registro distinto e completo no qual são gerenciadas todas as informações da mudança.


Mais sobre Gestão de Mudanças ITIL:

Templates para Gestão de Mudanças da ITIL:

COMPARTILHE

Fernando Palma
Fernando Palma205 Seguidores 574 Publicações Consultor de TI, CEO
Seguir
Sou fundador e CEO do Portal GSTI, Consultor, professor e instrutor em Governança de TI e Gestão TI. Graduado em SI, mestrando em administração, Certificado ITIL Expert, ITIL Manager, COBIT, OCEB, ISO 20k, e ISO 27k.

Comentários