Portal GSTI
Portal GSTI

PublicarCadastre-seLogin
Menu
Publicação

Modelo de Configuração

foto de
Fernando Palma CONTEÚDO EM DESTAQUE

O que é um modelo de configuração

Quando você tem um relógio em sua casa, você sabe o horário que todos seguem nesta casa. Uma vez que você tem dois relógios com horários distintos, você perde esta certeza. Um modelo de configuração tem exatamente este objetivo: criar uma visão única para os serviços de TI.  

O Modelo de Configuração é um resultado visual do registro dos relacionamentos entre os Itens de Configuração realizado no Sistema de Gestão da Configuração (SGC), implementado pelo processo Transição de Serviços da biblioteca #ITIL denominado Gestão de Ativos e Configuração. O Modelo de Configuração deve ser único.

Propósitos de um modelo de configuração

O modelo de configuração fornece uma visão que facilita o acesso a informações por todas as partes interessadas. O modelo único é utilizado para fins como:
  • Para avaliar o impacto e causa de incidentes e problemas
  • Para avaliar o impacto das mudanças propostas
  • Para planejar e projetar serviços novos ou modificados
  • Para Consultar o Acordo de Nível de Serviço para qual determinado Serviço está associado
  • Para planejar atualização de software
  • Para planejar Liberações e migrar ativos de serviços para diferentes locais e centros de serviços
  • Para otimizar a utilização dos ativos e eficiência de custos, por exemplo: consolidar centros de dados, aplicar a reutilização de ativos ou prever mudanças que eliminem gastos desnecessários

De forma resumida, podemos concluir que este modelo fornece uma representação comum que pode ser usada por todas as partes envolvidas com o gerenciamento de serviços de TI, internas ou externos a TI. 

Exemplos de modelos de configuração

A seguir, reproduzo uma imagem do livro Service Transition  (Transição de Serviços) da #ITIL, que exemplifica de forma simplificada um modelo de configuração. 

Modelo de configuração - Dell IT Blog

Comentários